26 de dez de 2015

Chico Buarque e as agressões na rua. Veja vídeo, fotos e fatos de intolerância

O fato é que uns caras discutiram com Chico Buarque e deixaram a etiqueta de lado. Ao invés de Chico se defender cuspindo na cara deles, como mostram que já usara de tal 'artifício' contra uma pessoa, agora foi mais esperto e 'correu' postar na web e então passou a ser visto como a pobre vítima para alguns que geralmente só reagem indignados quando algo assim acontece com um playboy famoso.

Se você não soube do fato, pode ler e ver o vídeo(clique aqui)

Como o suposto 'ataque de ódio' aconteceu contra um apoiador do PT, aqui também será mostrado algumas fotos onde mostram como petistas são "cheios de amor", não que uma coisa valide a outra. Mas para mostrar a hipocrisia de chorões petistas que nunca se importaram com as atitudes intolerantes, agressivas, cheias de ódio, preconceito e racismo vindas de petistas. Quando você viu Dilma, Lula, 'intelectuais' ou defensores de Chico tomarem as dores das vítimas do ódio de petista? Mesmo que o fizesse, esse pessoal do desgoverno petista e seus apoiadores estão longe de serem vítimas e de sofrerem a 'violência ou agressões' que exageradamente gritam sofrer, e nem de longe sofrem agressão se comparar com o que a maioria da população sofre em suas vidas. Petistas apoiadores de Maduro da Venezuela, eles gritam "agressão" para esconder suas intenções em nos trazer o caos que seus companheiros causaram à Venezuela.


MBL agredido por militantes do PT
Dilma defende famoso Chico contra ataques
Joaquim Barbosa sofre preconceito
petista que luta contra homofobia chama Ney Matogrosso de bicha velha esclerosada
Petista homofóbico que luta contra preconceito só de gays petistas
intolerância contra Chico Buarque e pessoa sendo agredida por PT




'Chico e a saliva maldita'

O Antagonista: ridículo da "agressão" contra Chico Buarque 'versos'(X) a cuspida do Chico
Antes mesmo de Chico 'e família' se beneficiarem de Lei Rouanet ou cargos públicos, Millôr Fernandes já declarara que "desconfio de todo idealista que lucra com o seu ideal" ao falar do 'cantor', porém, alguns petistas estão mentindo que a cusparada de Chico na cara de Millôr é mentira. Claro que é mais provável um petista mentindo do que o cuspe não ter atingido o rosto de Millôr, tanto que, se verdade não fosse, 'O antagonista' e aqueles que mostram vídeos com declaração de terem visto e quem afirma ter visto, no mínimo temeria ser processado.
https://www.youtube.com/watch?v=e9DYCzyOW7Y


Intolerância, ódio, fascismo, nazismo e outras choradeiras da extrema desesperada esquerda

Alguns petistas desonestos falaram até em nazismo, mas, a verdade o Lulopetismo estaria muito mais parecido com o regime, pois a 'direita' anti-PT não segue nem um líder, raramente idolatrara pessoas como a extrema-esquerda necessita de fazer, a maioria dos cidadãos anti-PTs são capazes de 'chutar o traseiro' de qualquer líder ou ídolo, quando os tem. Diferente do Lulupetismo, não passará pelo senso crítico de pessoas anti-PT, nem um psicopata líder parecido com o que houve na Alemanha onde, existiu um hitler capaz de dizer suas merdas e insanidades e mesmo assim continuar a ter apoio. No ambiente 'anti-PT' que está se formando, não irá muito longe nem um líder e nem 'intelectuais' com a cabeça cheia de merda e maquinações malditas que se atrevam a tentar manipular pensamentos. Totalitarismo, autoritarismo e fascismo é coisa de petista e é o argumento que usam para acusar os outros, ou seja, como sempre acusam os outros de seus crimes.

Para a esquerda, alguns playboys são melhores que outros(clique e leia), diz o Reacionário que entre outros fatos e casos, escreveu:
A discussão envolvendo Chico Buarque, Tulio Dek e Álvaro Garneiro Filho continua repercutindo na internet, sobretudo entre os círculos ligados à esquerda. Para eles, aquilo foi um ato fascista, uma demonstração de intolerância e falta de respeito com o grande cantor Chico Buarque, maior pela sua luta pela democracia do que pela genialidade de sua obra. Segundo esses mesmos, os antagonistas de Chico seriam apenas playboys influenciados pela mídia golpista que foram importunar esse grande brasileiro. Ate o ex-presidente Lula emergiu da sarjeta onde se escondeu após os desdobramentos das operações Lava Jato e Zelotes para prestar solidariedade ao camarada. Pelo visto, a acusação de que Chico é um esquerdista caviar doeu muito na grande esquerda.

A alegação de que Chico lutou por democracia é falsa. Sendo ele um comunista declarado, fica evidente que ele lutou contra uma ditadura de direita porque prefere uma ditadura comunista (como as que o próprio cantor sempre apoiou). Isso não é lutar por liberdade, é apenas lutar para trocar um senhor por outro ainda mais cruel. E dizer que o fato dele ser supostamente um gênio da música (há controvérsias), não torna ninguém livre do contraditório. Chico é um compositor razoável, um cantor irrelevante e um militante que defende um plano criminoso de poder.

No entanto alguns dos argumentos utilizados por essa esquerda tupiniquim devem ser observados com atenção: eles se ressentem do fato de que os críticos de Chico eram pessoas ricas e brancas. Qual é o problema, se o próprio Chico é rico e branco? 'São playboys'. E o senhor Francisco Buarque de Hollanda, filho do sociólogo Sérgio Buarque de Holanda e Maria Amélia Buarque de Hollanda? Ao que se sabe esse senhor vem de famílias tradicionalíssimas.

Mas a denúncia acima é quase nada perto de coisas bem cabeludas que mostram que esse famoso senhor pode ter sua fama muito mais por ter nascido em berço de ouro e ter ficado 'do lado vencedor' em épocas difíceis, ou seja, das dificuldades da vida ele sofreu muito menos que boa parte dos brasileiros, inclusive com a ditadura onde pegou uma bela carona se ajudando os falsos defensores da democracia e dos pobres, que é a extrema-esquerda que lutou por uma ditadura comunista e inclusive foi o causadora da ditadura militar que tentara impedir que o Brasil virasse uma Cuba sangrenta e falida cuja ditadura perdura por mais de meio século.


O MBL postou um texto criticando autor do 'Blog do Mário Magalhães' por sua 'choradeira' na defesa de Chico Buarque. Veja o que escreveu o MBL sobre artigo de Magalhães:
 "...ficou bem ofendidinho com a prestação de contas que Chico Rouanet Buarque teve que dar aos dois rapazes no Leblon. Achou "ódio de classe". Ficamos confusos.

Não parece existir ódio de classes ali. O que enxergamos, na verdade, é um debate entre representantes de nossas elites. Chico Buarque, como se esquece o jornalista, já vem de família abastada, e ostentou vida de playboy ao longo da sua juventude. Para ser claro: o sambista do Leblon já tirou muito racha e brincava de jogar ovo em trabalhador. Normal - ele é o Chico! O Chico pode!

Esquece também que compositor é apologista de um tipo de pensamento que busca justamente isso: ódio de classes, diferença, inveja e punição ao sucesso e a riqueza. Riqueza, aliás, que Chico não tem vergonha alguma de ostentar. Se possui fama de habitué parisiense, é porquê , justamente, adora viver como gauche na terra de deGaulle. Portanto, é compreensível que tamanha dissonância entre discurso e prática cause revolta país afora. Só não podia ser com o Chico. Pois ele é o Chico! O Chico pode!

Mário Magalhães não demonstrou indignação quando o MBL foi atacado de forma violenta pelo MTST - a mando do partido de Chico. Para ele, nossa causa é repulsiva, e o ódio contra o MBL, justificado. A única coisa que não pode é discordar do Chico no Leblon. Ah, não pode!

Do Chico não pode!"
Fonte: www.facebook.com/mblivre/posts/334369433353873

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...