Mostrando postagens com marcador PDT. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador PDT. Mostrar todas as postagens

12 de out de 2016

Lista de deputados que votaram contra a PEC 241, cúmplices do PT são a maioria

Não é nem preciso dizer que a PEC 241 é necessária para garantir que novos governos irresponsáveis façam o que Dilma fez e para que passe segurança aos investidores e empresários que geram empregos.
Lista de deputados contra a responsabilidade do governo federal
Quanto à mentira que faltará dinheiro para a saúde e educação, ela se quebra, pois falta dinheiro quando irresponsáveis quebram um país como os companheiros de petistas mal-intencionados fizeram na Venezuela. Outra coisa é que os repasses aos governos de estado não são atingidos pela PEC, permitindo que estes invistam mais em educação e saúde e até que o Governo Federal faça repasses para os mesmos. Assim, o que petistas dissimulados e outros da extrema-esquerda querem é garantir que no futuro eles tenham a chance de governar inchando o estado com mais e mais tetas para assim destruírem a democracia, coisa que quase conseguiram.

São 111 deputados que votaram contra a PEC Anti-Pedaladas, veja:

  1. Janete Capiberibe (PSB-AP)
  2. Professora Marcivania (PCdoB-AP)
  3. Arnaldo Jordy (PPS-PA)
  4. Beto Faro (PT-PA)
  5. Edmilson Rodrigues (PSOL-PA)
  6. Zé Geraldo (PT-PA)
  7. Expedito Netto (PSD-RO)
  8. Angelim (PT-AC)
  9. César Messias (PSB-AC)
  10. Leo de Brito (PT-AC)
  11. Professora Dorinha Seabra Rezende DEM-TO)
  12. Eliziane Gama (PPS-MA)
  13. Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA)
  14. Weverton Rocha (PDT-MA)
  15. Zé Carlos (PT-MA)
  16. André Figueiredo (PDT -CE)
  17. Chico Lopes (PCdoB -CE)
  18. José Airton Cirilo (PT -CE)
  19. José Guimarães (PT -CE)
  20. Leônidas Cristino (PDT -CE)
  21. Luizianne Lins (PT -CE)
  22. Odorico Monteiro (PROS -CE)
  23. Vicente Arruda (PDT -CE)
  24. Assis Carvalho (PT-PI)
  25. Zenaide Maia (PR-RN)
  26. Luiz Couto (PT-PB)
  27. Danilo Cabral (PSB-PE)
  28. Gonzaga Patriota (PSB-PE)
  29. João Fernando Coutinho (PSB-PE)
  30. Luciana Santos (PCdoB-PE)
  31. Tadeu Alencar (PSB-PE)
  32. Wolney Queiroz (PDT-PE)
  33. JHC (PSB-AL)
  34. Paulão (PT-AL)
  35. Ronaldo Lessa (PDT-AL)
  36. Bosco Costa (PROS-SE)
  37. João Daniel (PT-SE)
  38. Afonso Florence (PT-BA)
  39. Alice Portugal (PCdoB-BA)
  40. Caetano (PT-BA)
  41. Daniel Almeida (PCdoB-BA)
  42. Félix Mendonça Júnior (PDT-BA)
  43. Jorge Solla (PT-BA)
  44. Moema Gramacho (PT-BA)
  45. Nelson Pellegrino (PT-BA)
  46. Valmir Assunção (PT-BA)
  47. Waldenor Pereira (PT-BA)
  48. Adelmo Carneiro Leão (PT-MG)
  49. George Hilton (PROS-MG)
  50. Jô Moraes (PCdoB-MG)
  51. Júlio Delgado (PSB-MG)
  52. Leonardo Monteiro (PT-MG)
  53. Margarida Salomão (PT-MG)
  54. Padre João (PT-MG)
  55. Reginaldo Lopes (PT-MG)
  56. Padre João (PT-MG)
  57. Patrus Ananias (PT-MG)
  58. Subtenente Gonzaga (PDT-MG)
  59. Weliton Prado (PMB-MG)
  60. Givaldo Vieira (PT-ES)
  61. Helder Salomão (PT-ES)
  62. Alessandro Molon (REDE-RJ)
  63. Benedita da Silva (PT-RJ)
  64. Cabo Daciolo (PTdoB-RJ)
  65. Chico Alencar (PSOL-RJ)
  66. Chico D Angelo (PT-RJ)
  67. Clarissa Garotinho (PR-RJ) - Alguém lembra que queria se isentar da votação do impeachment para, a pedido do pai, ajudar salvar Dilma?
  68. Fabiano Horta (PT-RJ)
  69. Glauber Braga (PSOL-RJ)
  70. Jandira Feghali (PCdoB-RJ)
  71. Jean Wyllys (PSOL-RJ)
  72. Luiz Sérgio (PT-RJ)
  73. Miro Teixeira (REDE-RJ)
  74. Walney Rocha (PEN-RJ)
  75. Ana Perugini (PT-SP)
  76. Andres Sanchez (PT-SP)
  77. Arlindo Chinaglia (PT-SP)
  78. Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP)
  79. Carlos Zarattini (PT-SP)
  80. Ivan Valente (PSOL-SP)
  81. José Mentor (PT-SP)
  82. Luiza Erundina (PSOL-SP)
  83. Major Olimpio (Solidariedade-SP)
  84. Nilto Tatto (PT-SP)
  85. Orlando Silva (PCdoB-SP)
  86. Paulo Teixeira (PT-SP)
  87. Valmir Prascidelli (PT-SP)
  88. Vicente Candido (PT-SP)
  89. Vicentinho (PT-SP)
  90. Ságuas Moraes (PT-MT)
  91. Erika Kokay (PT-DF)
  92. Rôney Nemer (PP-DF)
  93. Rubens Otoni (PT-GO)
  94. Dagoberto (PDT-MS)
  95. Vander Loubet (PT-MS)
  96. Zeca do Pt (PT-MS)
  97. Aliel Machado REDE-PR)
  98. Assis do Couto (PDT-PR)
  99. Enio Verri (PT-PR)
  100. Marcelo Belinati (PP-PR)
  101. Angela Albino (PCdoB-SC)
  102. Carmen Zanotto (PPS-SC)
  103. Décio Lima (PT-SC)
  104. Pedro Uczai (PT-SC)
  105. Afonso Motta (PDT-RS)
  106. Bohn Gass (PT-RS)
  107. Heitor Schuch (PSB-RS)
  108. Henrique Fontana (PT-RS)
  109. Jose Stédile (PSB-RS)
  110. Marco Maia (PT-RS)
  111. Marcon (PT-RS)
  112. Pepe Vargas (PT-RS)
Fonte: http://www.camara.leg.br/internet/votacao/mostraVotacao.asp?ideVotacao=7214&numLegislatura=55&codCasa=1&numSessaoLegislativa=2&indTipoSessaoLegislativa=O&numSessao=251&indTipoSessao=E&tipo=uf


São na maioria gritante, políticos inconsequentes e apoiadores da irresponsabilidade petista, pois é o joguinho do PT que eles jogam. Veja algumas das vantagens da PEC antipedalada que desmentem parte do que mente o PT, pois desmentir tudo é impossível, leia o que publicou o Planalto:
"...a nova regra não tem qualquer impacto na educação para 2017, o primeiro ano de vigência da PEC. “O gasto da educação vai seguir a regra constitucional que determina que 18% de tudo o que o governo arrecada tem de ser aplicado em educação. Nos anos seguintes, o valor mínimo a ser aplicado será corrigido pela inflação”, explicou.

No caso da saúde, informou o secretário, o orçamento da área aumentará. A regra atual determina que 13,7% da arrecadação deveria ser aplicada na área. Com a PEC, o percentual de 15%, que estava previsto anteriormente para ser atingido em 2020, vira realidade no próximo ano. Assim, o valor mínimo a ser investido em saúde vai crescer R$ 10 bilhões.

O secretário ressaltou, porém, que, a partir de 2018, os pisos para educação e saúde passam a ser corrigidos pela inflação do ano anterior".

Fonte: www2.planalto.gov.br/acompanhe-planalto/noticias/2016/10/saude-e-educacao-estao-protegidas-no-texto-da-PEC-241

31 de ago de 2016

20+19 senadores não votaram para punir crime de Dilma no julgamento do impeachment

O Vem Pra Rua, no dia de hoje está exibindo 39 senadores como contra o impeachment, como não tem nenhum constando como 'indeciso', acredito que o movimento, neste momento tenha colocado aqueles que votaram contra o impeachment e aqueles que não votaram pela perda de direitos políticos de Dilma, 'tudo no mesmo saco', veja os que constam como contra:

  1. Acir Gurgacz - PDT/RO
  2. Angela Portela - PT/RR
  3. Antonio Carlos Valadares - PSB/SE
  4. Armando Monteiro - PTB/PE
  5. Cidinho Santos - PR/MT
  6. Cristovam Buarque - PPS/DF
  7. Edison Lobão - PMDB/MA
  8. Eduardo Braga - PMDB/AM
  9. Elmano Férrer - PTB/PI
  10. Eunício Oliveira - PMDB/CE
  11. Fátima Bezerra - PT/RN
  12. Gleisi Hoffmann - PT/PR
  13. Hélio José - PMDB/DF
  14. Humberto Costa - PT/PE
  15. Jader Barbalho - PMDB/PA
  16. João Alberto Souza - PMDB/MA
  17. João Capiberibe - PSB/AP
  18. Jorge Viana - PT/AC
  19. José Pimentel - PT/CE
  20. Kátia Abreu - PMDB/TO
  21. Lídice da Mata - PSB/BA
  22. Lindbergh Farias - PT/RJ
  23. Maria do Carmo Alves - DEM/SE
  24. Otto Alencar - PSD/BA
  25. Paulo Paim - PT/RS
  26. Paulo Rocha - PT/PA
  27. Raimundo Lira - PMDB/PB
  28. Randolfe Rodrigues - REDE/AP
  29. Regina Sousa - PT/PI
  30. Renan Calheiros - PMDB/AL
  31. Roberto Muniz - PP/BA
  32. Roberto Requião - PMDB/PR
  33. Roberto Rocha - PSB/MA
  34. Rose de Freitas - PMDB/ES
  35. Telmário Mota - PDT/RR
  36. Valdir Raupp - PMDB/RO
  37. Vanessa Grazziotin - PCdoB/AM
  38. Vicentinho Alves - PR/TO
  39. Wellington Fagundes - PR/MT

Agora, veja que 19 que vem duramente sendo criticados pelo MBL, pois votaram sim ao impeachment, mas, na hora de votar pela perda de direitos políticos de Dilma, não votaram a favor:

  1. Acir Gurgacz (PDT-RO)
  2. Antonio Carlos Valadares (PSB-SE)
  3. Cidinho Santos (PR-MT)
  4. Cristovam Buarque (PPS-DF)
  5. Edison Lobão (PMDB-MA)
  6. Eduardo Braga (PMDB-AM)
  7. Hélio José (PMDB-DF)
  8. Jader Barbalho (PMDB-PA)
  9. João Alberto Souza (PMDB-MA)
  10. Raimundo Lira (PMDB-PB)
  11. Renan Calheiros (PMDB-AL)
  12. Roberto Rocha (PSB-MA)
  13. Rose de Freitas (PMDB-ES)
  14. Telmário Mota (PDT-RR)
  15. Vicentinho Alves (PR-TO)
  16. Wellington Fagundes (PR-MT)
  17. Eunício Oliveira (PMDB-CE)
  18. Maria do Carmo Alves (DEM-SE)
  19. Valdir Raupp (PMDB-RO)

Todos os 19 estão na lista do Vem Pra Rua que constam contra o impeachment - seriam os que votaram contra impeachment e aqueles que não quiseram justa punição para a ex-presidente. Para quem não entende o erro destes 19 Senadores, é bom saber que, como eles foram considerados juízes e o julgamento era um julgamento, a decisão deles pode abrir precedente para casos de impunidade em outros julgamentos de corruptos, ou pior, a decisão deles por não punir, abre caminho para que outro partido peça um novo julgamento com impeachment e sua punição sejam votados novamente e juntamente.
Veja 21 senadores que votaram contra haver julgamento do impeachment

Fontes:

Imagem/print do mapa do Vem pra rua
20+19 senadores votaram a favor do de Dilma no julgamento do impeachment

10 de ago de 2016

Nome, partido e estados dos 21 senadores que votaram contra o impeachment de Dilma Rousseff

Se você der uma pesquisada, descobrirá que boa parte dos senadores contrários ao impeachment, é político acusado de corrupção, alguns estão sendo investigados na Lava Jato e outras operações que investigam corrupção do governo do PT.
Senadores que votaram contra o impeachment de Dilma Rousseff
Imagem do MBL
Não houve abstenção, com exceção de Renan Calheiros que não votou, os senadores são praticamente dos mesmos da lista de senadores que votaram contra a abertura do processo de impeachment. Um detalhe, o 'ex'-petistas da Rede, Randolfe Rodrigues, que diversas vezes se diz contra a corrupção, votou contra o impeachment de Dilma, a ex-presidenta que instalou o caos no Brasil e que fez a campanha eleitoral mais corrupta de todas, e que diz que não sabia de nada sobre toda a imensa lama na sua volta, mas que delatores já delataram que ela sabia e participava.

Os 21 Senadores que votaram contra o julgamento do impeachment de Dilma

11 de jun de 2016

O novo golpe de Dilma: 'promessa de plebiscito e novas eleições', mas...

Para todos entenderem o golpe de Dilma, 'promessa de plebiscito e novas eleições', Luciano Ayan desenhou. O novo golpe que Dilma, Lula e o PT tentam, é como se fosse um labirinto, o final é sempre o bolivarianismo e aliado do PT tendo vitória, para, assim como na Venezuela, massacrar o povo.
Leia o que postou Luciano Ayan:
Esse plano de Dilma e do PT é muito sujo e descarado. Provavelmente não vai dar certo, mas aqui está então, como o PT idealizou o uso da narrativa do 'apoio de Dilma ao plebiscito por novas eleições, mas só se voltar ao cargo'. Nem crianças de 10 anos podem cair nesse tipo de truque. Quem estiver apoiando essa bosta - ei, Álvaro Dias, estamos de olho - está ciente de que é tudo um golpe para ajudar unicamente Dilma e o PT.

12 de mai de 2016

Lista de Senadores que votaram contra o impeachment de Dilma Rousseff do PT

Lista de 22 senadores traidores do Brasil que votaram contra impeachment de DilmaDilma e PT tanto "lutaram" que conseguiram o resultado, o impeachment, lutaram pelo poder e com uso da corrupção para isso. Dilma, para seus ministérios, nunca se preocupou se estaria escolhendo um corruptos, pelo contrário, escolheu e protegeu alguns dos mais corruptos políticos do país, usou dinheiro público para compra de apoio e propaganda, corrompendo assim praticamente todo seu governo e, causando a crise que a forçou a dar pedaladas que só pioraram a crise. Tudo isso para conseguir seu cargo e se manter no poder, enchendo os bolsos de um salário do qual ela não faz por merecer. Dilma é honrada? "Já vai muito tarde".
Ver como votaram os deputados, clique aqui

Os 22 Senadores que votaram contra abertura de processo do impeachment de Dilma

Angela Portela - PT/RR
Armando Monteiro - PTB/PE
Donizeti Nogueira - PT/TO
Elmano Férrer - PTB/PI
Fátima Bezerra - PT/RN
Gleisi Hoffmann - PT/PR
Humberto Costa - PT/PE
João Alberto Souza - PMDB/MA
João Capiberibe - PSB/AP
Jorge Viana - PT/AC
José Pimentel - PT/CE
Lídice da Mata - PSB/BA
Lindbergh Farias - PT/RJ
Otto Alencar - PSD/BA
Paulo Paim - PT/RS
Paulo Rocha - PT/PA
Randolfe Rodrigues - REDE/AP
Regina Sousa - PT/PI
Roberto Requião - PMDB/PR
Telmário Mota - PDT/RR
Vanessa Grazziotin - PCdoB/AM
Walter Pinheiro - Sem Partido/BA

Você pode ver nomes, fotos e votos, em: http://www.valor.com.br/politica/4559261/por-55-votos-contra-22-senado-aprova-abrir-processo-de-impeachment

29 de mar de 2016

Lista de Deputados e Senadores que estão contra impeachment de Dilma do PT

Já passou da hora de deputados e senadores se posicionarem sobre o impeachment de Dilma Rousseff, e sei que, para milhões de brasileiros, os parlamentares apoiadores do desgoverno do PT 'não valem nada', pois tudo que já foi demonstrado, é indefensável o que o PT vem praticando. Um partido de muitos criminosos, que atacam instituições, atacam a constituição, a justiça, atacam investigações sérias como a Lava Jato e seus promotores, investigadores e juízes corretíssimos como Sérgio Moro. Quem pode apoiar isso? Só quem quer ver o mar de lamas e impunidade vencer no Brasil.


Lista de deputados e senadores contra o impeachment de DilmaResolvi postar antes do posicionamento do PMDB sobre abandonar o governo petista, isso porque provavelmente só a partir desse passo do partido é que alguns dos PMDBistas(da lista abaixo) se posicionarão favoráveis ao impeachment, ou seja, se alguns precisam de uma ordem, se precisam de impedimento do partido para deixar de mamar nas tetas do governo(cargos em ministérios) e aí então apoiar o povo que está a favor do impeachment, esse político é um oportunista.

24 de mar de 2016

Lista apreendida com diretor da Odebrecht citando de parlamentares parece armação

A lista mais parece uma bomba defeituosa cheia de assinaturas falsas, um ótimo argumento para o PT dizer que todo político é igual e, assim, o PT não parece tão ruim. Devemos lembrar que o petistas estão nessa campanha - com seus 'isentão' - de dizer que político nem um presta, e depois de um monte de gente cair repetir isso e, alguns começarem a pedir intervenção militar, aí, fecha com o discurso do PT dizendo que movimentos anti-PT são antidemocráticos e que essas pessoas representam um perigo para democracia, pois com um golpe querem depor uma presidente eleita.
Alguns fatos estranhos:
  • Doações ou propina para mais de uma centena de políticos, estranho. Será possível que todos receberam propina? Por saberem de algo, e venderem silêncio ou ajuda? Por qual motivo, tanta gente saberia de algo que jornalistas não seriam capazes de descobrir e transformar numa matéria sensacional ou mesmo expor à justiça?
  • Demóstenes Torres estava na Lista quando nem candidato poderia ser.
  • Dilma não estava na lista, justo ela, do partido que mais ajudou no petrolão e corrupção envolvendo a Odebrecht
Lista de petista com nomes de deputados e senadores é armaçãoUma coisa devemos levar em consideração, o PT é cheio de pessoas maquiavélicas, assim, não seria estranho se tivessem plantado essas planilhas na 'cena do crime', aparentemente eles sujam os petistas de seu partido, mas para quem já está sujo, é só mais uma poeira, e, lembrando que esses empreiteiros que tinham essas listas, são velhos companheiros do PT, companheiros que a Dilma voltou a ajudar danificando a lei anti-corrupção e permitindo que as empresas corruptas voltassem a atuar no setor público. Ainda é de interesse das grandes empreiteiras ajudar o governo petista.
O PT não apenas tem pessoas especializadas em criar falsas notícias com sua Blosta, eles criam falsos fatos e documentos, quem não lembra dos aloprados

7 de fev de 2016

Para ficar bem na foto, Dilma pensa em pousar de PDT

Nessa altura do campeonato, onde Dilma já fez diversas promessas e não cumpriu, inclusive promessas de seu desgoverno dialogar mais, para logo depois atacar a oposição e fingirem-se de vítimas, é tolice e irresponsabilidade ignorar os ataques e crimes de Dilma, apoiá-la então vai além de irresponsabilidade, é ser cúmplice de pessoas que, além das atrocidades que cometem pelo poder, pisam na democracia.

Na questão de Dilma dizer que irá para o PDT, só ao dizer existem pelo menos três ganhos políticos que consegue a petista esperta(disse ela que estaria ficando). Não em ordem de importância, abaixo os três ganhos:
  1.  Faz com que a militância petista e de partidos genéricos, especialmente a lulopetista comece a apoiar ainda mais ela, com medo de perderem poder que ela proporciona ao PT que, indireta ou diretamente divide esse poder, cargos, investimentos em braços como ONGs, mídias e outros tipos de entidades
  2.  Faz ingênuos acreditarem que ela esteja agora, disposta a melhorar sua governança, de fazer o certo. Assim a oposição mais moderada dá uma travada e diminui força de oposição, alguns marineiros é que caem igual patinhos e chegam fazer uma campanha de apoio ou contra ações da oposição, até pessoas influentes na sociedade que não perceberam o comportamento repetitivo de promessas falsas...
  3.  Dá esperança ao PDT, fazendo esse apoiá-la ainda mais, e com ele também um bando de políticos de outros partidos que se identificam com ele ou costumam se aliarem, ou pensam que ele seria menos guloso por cargo deixando uma boquinha para eles.
PDT será o novo partido prostituta do PT e Dilma
Julgam Dilma como 'burra' por seus discursos e pela destruição da economia do Brasil, só que isso é apenas tática, quanto mais um país é destruído, mais controle os tiranos conseguem, é só observar Venezuela, o que foi a Argentina nos últimos 10 anos, e os piores exemplos como Coreia do Norte e Cuba.

27 de nov de 2015

Lista de senadores que votaram pela liberdade de Delcídio Amaral do PT

Como sempre, o PT votou em peso na defesa de um corrupto que, agora é comprovado pelo fato de tentar promover a fuga de quem poderia lhe delatar.

Novo herói do PT?

lista de senadores traidores da população brasileira
Imagem grande(clique)
Delcídio Amaral não será consagrado como herói do PT. Diferente dos demais mensaleiros e petrolãozeiros, ele não corrompeu pelo poder do partido, e pior, ele nunca foi visto com barba.

9 dos 13 dessa lista são petistas. Fernando Collor também está na lista, ele que não demorará para ser acusado de participação no petrolão, se já não foi.

Vale a lembrança de Ciro Nogueira(PP), que não votou; e Edison Lobão(PMDB), que se absteve não estão na lista.
  1. - Angela Portela(PT-RR)
  2. - Donizetti Nogueira(PT-TO)
  3. - Fernando Collor(PTB-AL)
  4. - Gleisi Hoffman(PT-PR)
  5. - Humberto Costa(PT-PE)
  6. - João Alberto Souza(PMDB-MA)
  7. - Jorge Viana(PT-AC)
  8. - José Pimentel(PT-CE)
  9. - Lindbergh Farias(PT-RJ)
  10. - Paulo Rocha(PT-PA)
  11. - Regina Souza(PT-PI)
  12. - Roberto Rocha(PSB-MA)
  13. - Telmário Mota(PDT-RR)



Eu mentia mesmo.
"Coxinha" desmoralizando o Brasil no exterior:
https://youtu.be/M5bOtqmvJHE




8 de dez de 2014

Lista de Deputados e Senadores que votaram a favor da "Lei do calote"

Lista de deputados e senadores que votaram favoráveis a PLN 36/14 inclui 240 deputados e 39 ou 40 senadores.

PLN 36/14 já foi apelidada de "Lei do calote", que caso algum não saiba, é aquela que quer mudar as regras da meta fiscal ou superávit, que permitiria a presidenta Dilma poder gastar mais do que o previsto ou economizar menos, nós, teremos uma sensação de que as coisas vão bem, mas, a médio e longo prazo, pagaremos caro por isso.

Gostaria de deixar claro que esses parlamentares, que, não sei se algum é acusado de corrupção, possivelmente tenha nessa lista aí algum que já pode estar prestes a ser condenado ou cassado, mas de qualquer modo, eles estavam cientes dos danos de mudar essa lei, e, podem ter sido influenciados por promessa de aumentar valor de verbas para parlamentares votarem a favor da "lei do calote"
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...