Mostrando postagens com marcador Luciano Ayan. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Luciano Ayan. Mostrar todas as postagens

20 de jun de 2017

Marcelo Freixo e Luciana Genro não falam da morte de um escravo na Coreia do Norte

Luciana Genro fica calada sobre a morte de Otto Wambier na Coreia do Norte
Você acha que falariam? Não deixaram de apoiar Maduro na Venezuela.
A extrema-esquerda que gosta até de relacionar a Lava Jato e Moro com o nazismo, não vê nada de errado no 'nazismo norte-coreano' ter escravizado uma pessoa por supostamente ter tentado roubar um cartaz, e pior, não satisfeito, o regime ultra autoritário e assassino seguiu até o limite da crueldade, devolvendo o homem - após tê-lo escravizado por anos - em estado de coma, decerto para que não contasse nada sobre o campo de escravos onde foi forçado a 'viver'.
Enquanto isso, a China, outro país comunista que gosta de usar trabalho análogo à escravidão, segue ajudando financiar o 'nazismo norte-coreano', possivelmente porque é ali que a China está terceirizando sua bomba atômica. - Outro motivo para apoiar o 'nazismo norte-coreano', não vejo.
Leia o que informou Luciano Ayan:

Por que Marcelo Freixo e Luciana Genro estão tão calados a respeito da morte do ex-detento americano da Coreia do Norte?

Como vimos hoje por aqui[goo.gl/3tufKd], o universitário Otto Wambier (de 22 anos) morreu nesta segunda, uma semana após ter sido mandado de volta aos EUA pela ditadura socialista da Coreia do Norte. Ele foi enviado já em coma para sua família. Nota-se que civilização é algo que não existe por aquelas bandas.

Daí resolvi vasculhar algumas páginas de socialistas (apoiadores do regime de Kim Jong-un).

Passei pelas páginas de Marcelo Freixo e Luciana Genro, por exemplo. Não vi uma manifestação sequer de pesar pela morte de Otto Wambier.

Por que não falam nada? Já que inventaram a patranha de que é possível existir “socialismo com liberdade”, não deveriam ter vindo a público detonar o regime de Kim Jong-un por essa barbárie? Mas só ouvimos o barulho do grilo por parte dessa gente.

Nota-se que o tal “socialismo e liberdade” proposto por essa gente é só fachada.
Fonte: lucianoayan.com/2017/06/19/por-que-marcelo-freixo-e-luciana-genro-estao-tao-calados-a-respeito-da-morte-do-ex-detento-americano-da-coreia-do-norte

Socialistas apoiam ditaduras de seus comparsas, mas para férias, EUA capitalista é que é bom mesmo

28 de ago de 2016

'PT não criou a corrupção, inovou sua prática no Brasil', diz Luciano Ayan

Aquele discurso do partido dizendo que 'não inventou a corrupção' ou, no caso de comediantes petistas que ainda acrescentam que a corrupção no Brasil existe a mais de 500 anos, não está errado, mas como Luciano Ayan lembrou, o PT foi capaz de inovar. Inovou ao ponto de criar um tipo de organização para ela. - Vê-se que o partido, ou os governantes petistas até faziam rodízio de pessoal entre ministérios, estatais, empresas cúmplices e gabinetes do partido, com a finalidade de agilização nos processos de corrupção, aparelhamento e, por fim servindo de aprendizado de atos corruptos e funcionamento deles. Nunca se viu um desgoverno que fazia tanto rodízio e misturava tanto as coisas, estavam jogando sobre o Brasil uma rede cheia de fios e laços entre corruptos.

O PT não criou a corrupção, apenas inovou sua prática no Brasil, por Luciano Ayan:

O culto ao estado tem gerado infinitas oportunidades de roubalheira estatal. Isso sempre foi pervasivo em quase todos os partidos. Logo, seria absurdo dizer que o PT “inventou a corrupção”. Aliás, pela contaminação patológica de tanta estatização temos o principal motivo para o excesso de corrupção. A mania de estatizar o que não precisava ser estatizado teve seu auge, quem diria, no tempo dos militares.

Seja lá como for, como poderia haver algo de novo na “corrupção do PT”? Na verdade, a questão não é apenas a corrupção, pois, para isso, basta lutarmos por leis mais rígidas e principalmente por desestatizações. A questão relacionada ao PT vai muito além da corrupção.

O partido não criou a corrupção. Ele apenas a inovou, chegando a um patamar de organização da roubalheira em escala jamais vista neste país. É que não falamos apenas de corrupção, mas de um nível arquitetural de corrupção no qual ela é apenas um meio para a tentativa de se consolidar uma ditadura, como na Venezuela.

Sempre que focamos demais no tema “corrupção” ao falar do PT esquecemos de que esta é apenas uma barbárie capaz de empalidecer diante da maior das atrocidades: tentar criar um país censurado e acorrentado para que o povo não consiga nem mesmo sequer protestar contra a cleptocracia sustentando um governo bárbaro.

Mas nem isto o PT criou. Não podemos dizer que o PT “criou” a utilização da corrupção para estabelecer tiranias. Estes modelos foram definidos pelas ditaduras socialistas, como as de Stalin, Castro e Mao. Ou modernizados pela própria Rússia atual de Putin, bem como a China dos dia de hoje. Ou mesmo recauchutado recentemente por ditaduras bolivarianas como as de Morales, Correa e principalmente Maduro. São países nos quais a corrupção é o motor de tiranias bárbaras.

Não, o PT não criou a corrupção, e nem mesmo criou o modelo de se utilizar a corrupção para construir e solidificar tiranias. O PT aprendeu isso com outra ditaduras socialistas. Mas, em termos de Brasil, o PT trouxe essa “inovação”.

20 de ago de 2016

O PT se debate tanto porque está perdendo escravos, relata Luciano Ayan

PT se debate tanto porque está perdendo escravosSe observar a 'gestão' de Maduro na Venezuela e do PT no Brasil, existe tantas semelhanças que fica muito claro os planos de petistas. Dá até para dizer que fizeram escola juntos. As milícias de Maduro, similares foram criadas aqui - aqui inclusive tentam em universidades -, censura de mídia(aqui só conseguiram atacar a Veja uma vez) mas queriam criar leis para atacá-las e enfraquecê-las e, não conseguindo, compraram com gigantescos repasses para propaganda, a destruição da economia e crescente número de funcionários públicos é a forma de manter mais pessoas sob controle - elas temem demissões, inclusive servidores anti-PT foram ameaçados - que funciona na Venezuela e estavam fazendo aqui.... A queixa do PT, suas constatações que eles deixaram escapar é que precisariam ter aparelhado forças armadas e outros como MP e PF.
Leia o que escreveu Luciano Ayan
"A forma pela qual o PT está guinchando ao sair do poder não é algo que tenha algum paralelo na história nacional. Para eles é “tudo ou nada” de um modo que não testemunhamos com nenhum dos presidentes anteriores ao PT na redemocratização. Tem de tudo: chicanas, barracos, gritaria, psicopatias diversas e escândalos pelo exterior. A pergunta é: por que? O que está em jogo? O que eles estão perdendo?

Basta observarmos o que o socialismo mais puro significa e quanto o PT caiu de cabeça no “projetão”. Ao observarmos a Venezuela – o modelo mais próximo do que os petistas ambicionaram para o próximo estágio do projeto bolivariano – notamos um país escravizado por um tirano psicopata. Os venezuelanos vivem sob intenso sofrimento. Mas tenha uma certeza: a vida de Nicolas Maduro e de todos seus sicários é nababesca. Coisa de fazer inveja até para petistas.

Os petistas estão esperneando tanto porque sabem que estão vendo milhares de brasileiros atingirem de frente o risco de virarem escravos de seu partido. Os petistas chamam de “golpistas” aqueles que gostaria de ver de joelhos, enquanto o país é devastado para que todas nossas opções fossem retiradas (e as deles, é claro, aumentadas).

Nunca existiu “debate de ideias” entre os bolivarianos e os brasileiros republicanos. A não ser que você queira dizer que a luta dos escravos buscando se libertar de seus senhores – no advento da abolição da escravatura – era uma “discussão de ideias”. Não. Era a luta entre pessoas que queriam ser livres e aqueles que queriam mantê-los como escravos.

Não chegamos a ser escravos do PT. Mas o “projeto” estava chegando quase lá. No início do segundo mandato, o PT falava fortemente em censura de mídia e uso de sovietes. Talvez isso é o que mais doa nos petistas: se não chegamos a ser escravos, enquanto essa era a próxima fase do projeto, agora mesmo é que eles perderam a chance de nos escravizar.

Antes eles olhavam para nós e pensavam: “em breve eles estarão sob nosso domínio total, assim como os venezuelanos estão nas mãos de Maduro”. Depois do impeachment, serão obrigados a nos olhar de frente. E não olharão para escravos, mas para pessoas livres. Isso deve doer muito. Muito mesmo".

Fonte: www.ceticismopolitico.com/o-pt-estrebucha-tanto-porque-esta-perdendo-escravos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...