29 de abr de 2015

Letícia Sabatella critica manifestantes, "vê" homofobia, racismo e fascismo. Só não diz que é petista

Em uma notícia do Congresso em Foco, frase de entrevista com Letícia Sabatella foi "usada" para demonstrar o que ela pensa, sobre um 'boicote' ao beijo gay na novela das 8 da Globo, e para reforçar um argumento espinhoso de que o movimento pró-impeachment de Dilma era “uma manipulação extremamente errônea de uma necessidade de mudança” e de sombra racista, fascista, homofóbico...
Mas não acredite na inocência da atriz em não saber como suas palavras poderiam ser usadas, pois ela sabe de sua fama, não poupou críticas e nem generalização sobre o movimento anti-corrupção, sem contar com uma desonestidade intelectual contida em suas críticas, além de repetir mesma velha choradeira gritada aos sete ventos por petistas de que impeachment(contra o PT) é hoje "golpe contra a democracia", palavras que já fez questão de usar em MAIÚSCULA em rede social.
Atualização 2016:
A atriz, supostamente por engano, entra em manifestação pró-impeachment que um dia criticara como sendo homofóbica, e é vaiada. Ser dissimulado é uma marca de muitos petistas que fingem ser isentão. A mentira não vai muito longe, leia Letícia Sabatella entra em contradição sobre motivo de entrar em manifestação(clique)
Atriz Letícia Sabatella em bela pose de esquerdista sensata e boa pessoa
A pergunta que fica é, o que tem o beijo gay relacionado as manifestações? Nada, mas tudo proferido da mesma boca(somado ao homofóbica) serviu de munição para a blogosfera petista tentar culpar integrantes da manifestação de provocarem ações nas redes sociais contra "beijo gay" na TV, aí isso serve muito bem para a desonesta tentativa em caracterizar manifestantes como conservadores..., quando na verdade, entre os manifestantes e seus organizadores, existem sim pessoas de direita, mas existe esquerda, centro, conservadores, liberais... A falsidade piora, pois segundo pesquisas, mais de 60% da população já apoia o impeachment de Dilma. Seriam todos conservadores e 'opressores'? O que se pode concluir é, atriz ajudando PT manipular e mentir, ou, remota possibilidade da ingenuidade de atriz manipulada.

Veja parte de entrevista onde Letícia Sabatella fala sobre as manifestações

O que acha das manifestações que hoje ocorrem no País?
"Acho que é uma manipulação extremamente errônea de uma necessidade de mudança. Temos pelo que protestar, com certeza. Mas não se está consciente da necessidade disso. E existe uma sombra coletiva terrível, racista, fascista, homofóbica, egoísta nesse estilo de manifestação que está acontecendo. Tem muita gente entrando nessa ‘vibe’ de ‘inocente útil’. É como eu vejo. Mas claro que tem pelo que se lutar. Por exemplo, uma reforma política urgente".
Fonte: Congresso em Foco, Estadão, e agora toda BLOSTA petista

Perguntas aos que compram esse tipo de mentiras

A pergunta é aos que acreditam nas besteiras cheias de segundas intenções saídas de defensores de ideais petistas, pois aos que mentem essas bobagens maquiavélicas sobre a manifestação ser manipulada por racistas e fascistas, esses mentirosos, só tem a intenção de arrotar suas mentiras esperando que seus fãs acreditem num misto de palavras doces, críticas, voz sedutora e treinadas expressões faciais.
Segue só três perguntas:
Não existe negros ajudando organizar as manifestações?
Não existem homossexuais ajudando organizar manifestações?
Não tem esse tipo de público na rua se manifestando? Ah sim, a atriz já respondeu, tirando os organizadores das manifestações, que ela considera com "a sombra terrível homofóbica, racista...", os demais manifestantes na rua são uns manipulados(se há manipulador, há manipulado) e "inocente útil". Para PTralhas, pessoas que hoje se manifestam de maneira organizada e unida, deveriam ficar choramingando sozinhos, em grupinhos de minorias sufocáveis, ou melhor ainda, parados esperando o Brasil se tornar algo tipo Venezuela, onde, hoje é permitido dar tiro em manifestantes, com uso de munição real, isso tudo conseguido graças a inércia e cumplicidade das pessoas(inclusive celebridades compradas).

De egoísmo só vejo o papel de uma atriz fazendo show de cantora com dinheiro que deveria ter ido para os impostos e ser usado na saúde, educação, segurança e outros, só que não, uma "vibe" chamada Lei Rouanet permite-lhe captar esse dinheiro para financiar cantoria de atriz em nome de cultura. Nova cultura de compra de apoio de famosos para defender ideais de governo PTralha, a mesma lei que chama de cultura gravar filme de mensaleiro a custa de impostos, serve muito bem para comprar apoio de famosos que mais olham para seu próprio umbigo do que a situação do país, agem como verdadeiros e potentes idiotas úteis para um governo totalitário, sanguessuga e verdadeiramente golpista, agindo para o partido e contra o próprio país.

Os gritos de homofóbico e fascista mostra a que veio

A extrema esquerda populista tem a mania de classificar de homofóbico quem é contra uma tal lei de homofobia, isso é uma desonestidade usada por eles, já existem leis contra crimes de preconceitos e racismo, se esses políticos populistas aprovassem tal lei, partiriam para outra demanda como islamofobia, depois de conseguir inventariam outra que pudesse render votos e alguns militantes marionetes, o que seria não sei, talvez budafobia, ateufobia, crentofobia, Sarneyfobia... ou seja, qualquer demanda que rendesse coletivos para eles iludirem.

A atriz mostrou a que veio, defende sua 'teoria' com muitas das frases proferidas por petistas, "impeachment é golpe", deu a entender que a manifestação tem sombra "fascista, homofóbica, racista", isso vindo de alguém que já captou e fez uso de mais de 1 milhão da lei Rouanet controlada pelo governo petista. Um rosto bonito, corpo escultural, uma voz gostosa de ouvir, uma mulher já famosa(musa da mídia), para um momento de desespero que o PT passa, na loucura deles seria a garota propaganda perfeita, até conseguiriam vender creme dental de coco. Em parte funciona muito bem para reacender o ânimo de ex-militantes petistas e de partidos auxiliares.

Reinventando o preconceito. Preconceito contra o Sarney?

Só para se ter uma noção da histeria populista em enganar, observe o vídeo, com dois políticos populistas dizendo que criticar Sarney é preconceito, chega aproveitar para criar conflitos entre povos, ao pedir que vá pro povo do Amapá, São Paulo e proteste por eleger certos senadores e deputados. A segunda pessoa, com sorriso cínico, diz que é preconceito contra mulher, pois foi eleita e deve achar que merece ficar livre de críticas.
http://www.youtube.com/watch?v=8IgW_-7Y-rc


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...