22 de set de 2014

Policial mata vendedor ambulante em São Paulo, quem será o verdadeiro culpado?

Nem acusar ou defender o policial, nem o trabalhador que faleceu, mas a gente precisa aprender com os erros, quase todos que lá estavam erraram, muitas pessoas na volta ameaçavam os policiais, alguns incitavam os outros a atuar contra a polícia e 'ajudar' soltar o rapaz que estava sendo preso, e, dessa forma acuando os policiais, que eram 3 pessoas percebendo uma aglomeração crescer na sua volta, e, em meio a confusão, alguns populares gritam, "vamos tirar o spray da mão dele", e, no calor do momento, um dos amigos do rapaz que estava sendo algemado, se deixou influenciar, puxou bruscamente um braço do policial já assustado com as ameaças e, com uma arma de fogo na mão. O policial é uma pessoa e não sei se deu tempo de pensar rápido no momento, mas cometeu um erro.
Uma lição que, como cidadãos civis, podemos tirar disso, é, quando vê alguém armado, não atue contra essa pessoa. Se uma pessoa pega uma arma, na maioria das vezes é por que pensa que possivelmente será preciso usar, ou, está num estado de descontrole, por medo, por raiva, ou é alguém que não valoriza a vida.

Policial despreparado e povo que não respeita a autoridade

Nesse caso tivemos dois grandes problemas, policial despreparado e povo que não respeita a autoridade. E vira uma bola de neve, a cada caso desse a população se coloca mais contra a policia, o policial só ele sabe da pressão que enfrenta, até com isso, correndo risco de vida para cumprir a lei e ainda assim ser visto como inimigo.

De quem é a culpa desses erros?


O governo cobra altos impostos e não dá retorno disso, as pessoas estão cada vez mais estressadas e tendo que se virar do avesso para sobreviver, sai para trabalhar, leva horas para chegar no trabalho e voltar, por vezes precisa trabalhar mais horas para sobreviver e, com isso abandona seus filhos para serem "educados" pela rua, internet e TV. Ainda assim, 40% do que o brasileiro ganha vira impostos que nem retornam para dar condições da polícia ser bem treinada. O Governo Federal fica com grande porcentagem da arrecadação, retorna pouquíssimo, e mete a culpa do caos instalado, sobre o governo estadual e prefeitos.

Na verdade, a culpa de péssimo retorno é do povo que vota em políticos preguiçosos que roubam o dinheiro que deveria ser usado, entre outras coisas, para treinar a polícia, tem maior culpa aquele candidato que fica jogando o povo contra a polícia, que, em suas campanhas se gaba de ter defendido os manifestantes da opressão da polícia despreparada, aquele político que lucra com a desgraça e fica dizendo que foi o governador ou prefeito tal que mandou a polícia oprimir os pobres, é o político que pisa na polícia para se autoproclamar defensor dos oprimidos, quando o que esse político mentiroso deveria fazer é apresentar projetos para aumentar treinamento da polícia, para ela não errar. Esse tipo de político cria uma imagem da polícia monstro quando diz ao povo que ele precisa ser defendido da polícia. Quando o povo pensa que a polícia é errada, acaba achando que a lei é errada e pode pisar nela.
Concluindo, a culpa é do povo que elege políticos ruins, político que rouba o dinheiro que poderia ser usado em treinamento da polícia e evitar muitos erros. Pelo menos, culpar os políticos fica mais fácil, podemos citar nomes, principalmente daquele que está a 12 anos no poder e só fez a coisa piorar.

Mas o policial recebeu treinamento sim!?


Ouvi de um jornalista, "o policial está errado porque recebe treinamento", e é verdade que recebe treinamento, mas, será que o treinamento foi na medida correta? Ou seja, por falta de investimento, situações parecida com aquela que o policial passou pode lhe ter sido apresentada uma vez e, "pronto", depois, geralmente passa ter anualmente algumas horinhas de instrução para 'relembrar'.
Num emprego comum, numa empresa, o funcionário pode receber um treinamento ou dois e aprender o suficiente trabalhando, se errar algo, vai ser prejuízo material. Mas, em funções onde a vida está em jogo, transporte, segurança e medicina, as coisas devem ser amplamente treinadas, no caso da polícia, no seu trabalho eles vão lidar com centenas de diferentes situações, por tal motivo, o treinamento deveria ser mais extenso e ser refeito periodicamente. Mas não, o policial recebe um treinamento e a rua é o restante do treinamento, o povo é a "cobaia".
Seria correto até mesmo remunerar por umas 2 a 5 horas de treinamento diário após horário de trabalho, para o policial receber diversos treinamentos, desde os normais como tiro ao alvo, exercícios físicos, melhoria de reflexos, assim como vídeos com erros de atuação seguidos de exercício de simulação e também palestras com psicólogos e agentes para tentar mostrar ao policial como o cidadão reage, por que toma determinadas atitudes de reação, e, aprender como seria possível tentar convencer uma pessoa a não resistir a prisão, e também palestras com agentes capazes de moldar o caráter, mostrar a importância do policial seguir as regras de conduta e estar ciente delas, até na questão de não se deixar influenciar por maus elementos que também estão na polícia, mostrar as situações em que o corporativismo pode ser errado. Muitos desses treinamentos poderiam ser feitos nos batalhões mesmo.
Mas e o custo desse treinamento remunerado? Se pagaria diminuindo a quantia de erros, policiais bem treinado se defende melhor sem colocar vida em risco. Qual o custo para a sociedade de um policial "ferido"? Qual o custo desse tipo de tragédia com um cidadão morto desnecessariamente? Qual o custo da sociedade que não confia na polícia(para colaborar, respeitar, solicitar ajuda)? O policial teria uma fonte extra de renda dentro da polícia e que ainda lhe daria mais segurança em suas ações e assim menos estress, e, diminuiria a necessidade de buscar outro modo de ganho financeiro.
Claro que, esse treinamento após o turno de trabalho ficaria menos produtivo se o policial trabalhasse mais de 8 horas. Turnos maiores de 8 horas para policiais é um 'crime', considero o mesmo na medicina, e não sei como, com tanta inovação e estudos ainda "topamos" com esses tipo de loucura que pode provocar erros que custam vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...